19
Mai 10

Esta semana foi com agrado, que vi o Presidente da República, aprovar o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Esta decisão agrada-me não pelo casamento em si, mas sim pela garantia de mais um direito que visa levar a existência de uma maior igualdade entre todos os cidadãos portugueses.

Não faço a confusão entre o casamento religioso, ou seja, pela igreja, onde tal tipo de casamento não é permitido, legitimamente, dado que, é um principio doutrinário da mesma, com o casamento civil, ou seja efectuado no registo civil, que apenas tem efeitos legais e não religiosos. A partir de agora o casamento entre pessoas do mesmo sexo vai ser permitido nos registos civis e bem, pois o estado Português é laico e não tem de se reger por dogmas ou doutrinas da igreja católica, para alem disso defende e honra o artigo 1º da Constituição da República Portuguesa que diz " Portugal é uma República Soberana, baseada na dignidade da pessoa humana e na vontade popular e empenhada na construção de uma sociedade livre, justa e solidária", visto que, esta lei luta pela igualdade de direitos e garantias de todos os cidadãos portugueses sejam eles, heterossexuais ou homossexuais, permitindo assim que os casais homossexuais tenham os mesmos direitos que os casais heterossexuais.

É pena que existam pessoas que se agarram a uma religião e não querem ou não percebem a importância deste passo para uma sociedade mais justa, livre e solidária.....

publicado por Ze Chuchas às 23:37

Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


arquivos
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO